Como medir o desempenho da minha empresa?

medir o desempenho da minha empresa

Compartilhe nas redes!

Para medir o desempenho de uma empresa, a maneira mais confiável de se fazer isso é por meio dos indicadores contábeis.

Somado a isso, diante do avanço da digitalização das empresas, surgiram também novos indicadores de desempenho.

Um exemplo disso são os KPIs do marketing digital, oferecendo também relatórios ricos que ajudam a manter a saúde financeira dos negócios sempre em ordem.

Todavia, neste post abordaremos os principais indicadores contábeis utilizados para medir o desempenho de uma empresa. Continue a leitura e aproveite.

O que são indicadores contábeis?

De forma simples, os indicadores contábeis são os KPIs mais antigos à disposição da gestão e dos investidores cuja análise possibilita avaliar a saúde financeira da empresa.

Porém, para ter acesso a essa importante ferramenta de gestão é necessário manter os registros de contabilidade sempre bem organizados.

Por isso, é indispensável contar com um suporte profissional de contabilidade para a elaboração destes ricos relatórios gerenciais.

E mesmo para empresas de pequeno porte ou para MEIs – Microempreendedores individuais, a contabilidade é importante aliada para os bons negócios.

Isso porque a contabilidade fornece os insumos necessários para nortear as ações estratégicas na prática econômica e conseguir alcançar a indispensável lucratividade.

Principais indicadores contábeis para medir o desempenho da empresa

Para medir o desempenho da empresa por meio dos indicadores contábeis, é importante saber interpretar os relatórios gerenciais.

Sendo que, tais relatórios gerenciais são obtidos por meio da organização de dados, números e cálculos financeiros, como por exemplo:

  1. Índice de liquidez Geral: o ILG é a mensuração dos ativos sobre o passivo no longo prazo, visando manter sempre um ponto de equilíbrio mínimo entre as obrigações e direitos. Mas o ideal é que os direitos sejam superiores.
  2. Índice de Liquidez Imediata: o ILI demonstra a relação direta entre os valores do caixa, bancos, aplicações etc e as dívidas de curto prazo. Neste caso, não são considerados o estoque e nem as contas a receber.
  3. Índice de Liquidez Corrente: o ILC serve para mostrar a capacidade da empresa em pagar as contas no curto prazo, fazendo uso dos valores do ativo circulante.
  4. Índice de Liquidez Seca: o ILS é calculado da mesma forma que o ILC, porém subtraindo o estoque do ativo circulante (ativo circulante – estoque).
  5. Capital de giro: o CG indica se a empresa está conseguindo manter suas atividades diárias apenas com o dinheiro em caixa; capital de giro líquido, ou se está recorrendo a recursos de terceiros, como empréstimos, financiamentos etc; capital próprio.
  6. Índice de Endividamento Geral: o IEG demonstra quais ativos da empresa foram adquiridos com recursos de terceiros e ainda não foram quitados, indicando o grau de endividamento da empresa, bem como os riscos de inadimplência.
  7. Índice de Rentabilidade: por fim, o IR, cuja mensuração pode ser feita de diversas formas, sendo as principais delas:
  • Retorno sobre o Ativo: demonstrando a relação percentual entre o lucro operacional e o ativo total;
  • EBITDA: cuja base de cálculo é a soma do lucro operacional líquido mais as depreciações e amortizações;
  • Margem Líquida: demonstrando o percentual de ganhos com vendas de cada investidor, após as devidas deduções das despesas e do imposto de renda.

Em tempo, é importante reforçar que ainda existem outros indicadores que podem ajudar a medir o desempenho de uma empresa, sendo o auxílio do contador inegociável nesta tarefa.

Você ainda não tem um suporte de contabilidade profissional em sua empresa? Então, faça contato com a Carvalló Consultoria Empresarial e usufrua deste serviço.

Clique aqui e reserve sua consultoria de contabilidade. Será um prazer ajudar você.

Classifique nosso artigo post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Fazer uso dos indicadores contábeis é uma forma de escalar…