ICMS: Qual A Ligação Desse Imposto Com Os Comércios?

ICMS: qual a ligação desse imposto com os comércios?

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O que o seu comércio e o ICMS tem a ver?

Se você é dono de um comércio e ainda não conhece o que é o ICMS e não sabe a conexão dele com o seu negócio, não pode perder este artigo!

Ser empreendedor no Brasil quer dizer saber muito bem sobre uma coisa: os impostos!

De fato, no país que detém o sistema tributário mais complexo do mundo, os empreendedores de fato sabem sobre os impostos, o que é realmente difícil para qualquer um é entender de fato sobre eles, suas aplicações e não aplicações.

Dessa forma, o empreendedor, hoje, se vê encurralado por existir uma gama enorme de impostos que incidem sobre seus negócios e atividades, mas não sabem que impostos são esses, se eles realmente precisam ser cobrados e quanto é devido ao Fisco.

E não é possível negar que essa tarefa é árdua e fatigante para o empreendedor, mas, mesmo assim, é imprescindível que pelo menos o básico seja de seu conhecimento.

Por isso, para simplificar tudo isso para você, hoje nós iremos falar sobre o ICMS  e qual a relação desse imposto com os comércios no Brasil!

E então, vamos lá? Boa leitura!

Antes de mais nada, o que é o ICMS?

Para começarmos bem e evitar dúvidas futuras, vamos definir brevemente o que é esse imposto.

O ICMS é um tributo de natureza estadual e que, a depender do estado, a alíquota irá mudar. Ele é a sigla para Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços e incide quando há circulação de produtos ou serviços que transitam entre cidades ou até mesmo estados ou quando há circulação produtos ou serviços que parte de uma pessoa jurídica e tem como destino final uma pessoa física.

Qual a relação do ICMS e o seu comércio?

Como explicamos, o ICMS é um imposto amplo que, na maioria dos casos, incide nas atividades dos empreendedores, somando alíquotas que precisam ser quitadas juntamente com os demais impostos.

Sendo assim, a depender das suas atividades, esse imposto fará parte do seu dia a dia — e sim, é possível que a sua empresa não seja alvo dessa tributação!

Não saia com as mãos abanando!

Para que você tenha certeza de que os pagamentos estão corretos e que o seu negócio não está pagando mais ou menos do que realmente deve ao Fisco brasileiro, é necessário ter a ajuda especializada de um contador ou uma contabilidade para que os tributos sejam calculados corretamente e, se existir um erro, que o valor pago a maior seja reavido o mais breve possível.

Além disso, também é necessária a ajuda de uma contabilidade para verificar se a sua atividade é realmente tributável ou não, dando a possibilidade do seu negócio nunca mais ouvir falar nesse imposto.

Bom, independente de qual seja o seu caso, você precisa de uma contabilidade que entenda que o seu comércio não pode parar por conta de um imposto — e a Carvalló entende muito bem disso!

Então, não hesite em nos contatar por meio do botão verde que aparece no canto inferior direito da sua tela e falar com um profissional contábil!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

contabilidade para médicos

Contabilidade para médicos pode ajudar a reduzir os impostos

Considerando que a contabilidade para médicos é uma ferramenta de gestão, ela não pode ser negligenciada. Por isso, é importante contar com um suporte especializado em contabilidade para médicos, visto que isso será revertido em economia para o bolso. Contribuindo

Recomendado só para você
Por que o capital de giro é um ponto central…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat