Capital De Giro: Os Comércios O Esquecem, Mas Não Deviam!

capital de giro: os comércios o esquecem, mas não deviam

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Por que o capital de giro é um ponto central de todo comércio — e por que você precisa dar atenção especial a ele?

O capital de giro é um aspecto tão esquecido dentro dos comércios — ainda mais antes da abertura de empresa e meses depois dela — que, quando menos se esperar, pode pegar você de surpresa se não tiver a atenção necessária!

Existem dois tipos de empreendedores atualmente: os empreendedores que se deixam ser guiados pelo acaso, guiados pelo destino e, consequentemente, precisam aceitar tudo o que vier sem questionar, pois a inércia foi o caminho escolhido por eles.

O segundo tipo de empreendedor é aquele que, mesmo com as dificuldades, enfrentam os desafios com cabeça erguida, sempre pensando em como melhorar e buscando conhecimento para potencializar a sua gestão, tomando, assim, as rédeas de seus próprios destinos.

De fato, sabemos que existe uma meta almejada nesse cenário, e você, como empreendedor, não quer estar à mercê de nada e quer controle de seu próprio comércio.

É possível deduzir que você, leitor, é o segundo tipo de empreendedor, afinal de contas, está aqui atrás de informações valiosas para guiar o seu comércio com mais clareza e assertividade.

Portanto, vamos falar sobre um assunto que é muito abordado no momento da abertura de empresa e, talvez, até os primeiros meses de vida de uma empresa, mas logo depois, cai completamente no esquecimento: o capital de giro.

Agora, fique conosco até o final deste artigo e descubra mais por que é necessário ter um cuidado extra com o capital de giro ao longo de toda sua caminhada como líder de um comércio.

E então, vamos lá? Boa leitura!

O que é o capital de giro?

O capital de giro nada mais é um fato determinante para uma empresa, mas geralmente só é levado a sério e tem atenção nos primeiros meses de vida de um comércio, quando ele se faz mais escasso.

Basicamente, ele corresponde ao valor líquido que a sua empresa tem a utilizar, basta subtrair as despesas e quaisquer outros gastos do seu empreendimento dos valores positivos (é bom ressaltar que isso conta tanto crédito e dinheiro em caixa quanto outros itens e recursos disponíveis em estoque).

Dessa forma, o capital de giro é o que possibilita que a sua empresa funcione a curto, médio e longo prazo, e também pode oferecer oportunidades únicas aos seus clientes, como financiamento e impedir que existam débitos pendentes com fornecedores.

Por que os comércios precisam ter atenção ao capital de giro sempre?

O capital de giro geralmente é um assunto que muito se discute e, além disso, se sente na pele no momento da abertura de empresa e nos meses seguintes, portanto, é um aspecto que muitos empreendedores consideram “passado”.

Contudo, como vimos anteriormente, o capital de giro é um aspecto constante em qualquer empresa, e só “para de incomodar” quando o risco a curto prazo se extingue.

Mas é essa falsa confiança de que é um assunto do passado que pode afundar um comércio em dívidas e, até mesmo, ameaçar sua permanência no mercado.

Não deixe que as decisões do seu negócio sejam tomadas pelo destino!

A Carvalló sempre teve o objetivo de ver seus clientes decolando despreocupados com as questões burocráticas e contábeis de seus negócios, e queremos que isso seja uma realidade para você também!

Além do capital de giro, a sua contabilidade pode te levar muito mais longe do que pode imaginar com o auxílio dos profissionais certos!

Para isso, basta clicar no botão verde que aparece no canto direito da tela e falar com um de nossos especialistas!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

contabilidade para médicos

Contabilidade para médicos pode ajudar a reduzir os impostos

Considerando que a contabilidade para médicos é uma ferramenta de gestão, ela não pode ser negligenciada. Por isso, é importante contar com um suporte especializado em contabilidade para médicos, visto que isso será revertido em economia para o bolso. Contribuindo

Recomendado só para você
Descubra em 3 passos como fazer um bom planejamento estratégico…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat