Passo A Passo Para Controle Financeiro No Seu Comércio!

controle financeiro do seu comércio

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Passo a passo para colocar o controle financeiro do seu comércio na palma da sua mão

Mantenha o controle financeiro do seu comércio em rédea curta

Ter controle financeiro, apesar de ser um assunto recorrente nas empresas e até no âmbito pessoal, não é tão simples quanto muitos deixam a entender que é.

Na verdade, é uma tarefa muito difícil de ser concluída com êxito e não vamos tentar convencer que esse objetivo será atingido em um estalar de dedos, muito pelo contrário, o nosso passo a passo vai deixar bem claro que é necessário manter-se firme e seguir uma rotina rígida e com disciplina.

Tendo isso em vista, nós vamos falar sobre esse tema de uma maneira franca e responsável desde o início, tentando englobar qualquer que seja a fase que a sua empresa esteja passando  no momento para que, no final das contas, o passo a passo faça o maior sentido possível para  a sua realidade e, por isso, seja possível aplicá-lo de fato.

Dito isso, fique com a gente até o final deste artigo e mantenha os procedimentos financeiros em rédea curta no seu comércio!

E então, vamos lá? Boa leitura!

Passo a passo para um controle financeiro no seu comércio

O controle financeiro é uma construção que precisa ser erguida com cuidado, pois um passo em falso pode frustrar todos os planejamentos e esforços que se seguirão após o erro.

Dessa maneira, é crucial que você mantenha-se focado nos passos e que a disciplina seja uma regra base, impedindo “atalhos” que podem colocar em risco a integridade do seu planejamento.

Levante os rendimentos do seu comércio

A primeira medida a ser tomada é ter conhecimento sobre o que você possui e que possa ser considerado como ativo, principalmente o dinheiro do seu caixa.

Outros itens como produtos precisam ser levados em consideração, uma vez que não estão em falta e você não precisará gastar dinheiro para repô-los.

Registre e classifique custos e receitas

Depois de identificar, é necessário registrar, e uma dica útil é que você faça esse registro digitalmente, pois nos dias de hoje, o digital é um grande aliado do controle financeiro, uma vez que existem programas e outras ferramentas úteis para auxiliar e aconselhar suas finanças.

Além disso, é necessário separar o que é, em resumo, despesa e o que é receita, explicitando e facilitando o próximo passo.

Defina prioridades e períodos definidos para pagamentos

Com as despesas e receitas delineadas, é necessário estabelecer prioridades para o pagamento das dívidas e estipular dias específicos para quitá-las (mesmo que seja a prazo).

Fazendo isso, você pode diminuir a inadimplência ou o esquecimento, criando uma rotina que, com o tempo, será natural.

Tenha metas para criar receitas e para economizar

Além de saber quanto e quando pagar, é necessário pensar em como fazer as receitas do seu comércio renderem mais.

Dessa forma, você precisa pensar se existem gastos desnecessários ou questões que podem ser moderadas, como o consumo de algum item que, no final do mês, sempre apresenta desperdício.

Também, para ajudar nesse objetivo e para aumentar a renda, criar metas realistas a serem atingidas é uma forma de se incentivar a cumprir com as responsabilidades de pagamento e economia.

Pense em investimentos

Por fim, possuir investimentos pode ser uma  boa ideia depois que o controle financeiro do seu comércio já estiver estruturado, pois além de aumentar os rendimentos, pode representar um fundo de reserva para emergências, outro assunto que é importante se atentar.

E então, gostou do artigo de hoje? Compartilhe nas redes sociais com outros empreendedores!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

contabilidade para médicos

Contabilidade para médicos pode ajudar a reduzir os impostos

Considerando que a contabilidade para médicos é uma ferramenta de gestão, ela não pode ser negligenciada. Por isso, é importante contar com um suporte especializado em contabilidade para médicos, visto que isso será revertido em economia para o bolso. Contribuindo

Recomendado só para você
Passo a passo para fazer um controle de estoque eficiente…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat