Planejamento Estratégico Para Comércio: O Que Considerar?

Planejamento estratégico para comércio

Compartilhe nas redes!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Descubra em 3 passos como fazer um bom planejamento estratégico que pode salvar, ou fazer crescer, qualquer comércio — mesmo um que esteja à beira da falência.

Negócios estruturados sobrevivem a quase tudo, é verdade. Contudo a única ferramenta capaz de garantir a estrutura necessária para sobreviver a qualquer cenário catastrófico é um bom planejamento estratégico!

Você com certeza conhece a história de alguma empresa que sobreviveu a um cenário tão ruim que chega a ser difícil imaginar. Assim como pessoas, empresas que aprendem com seus erros se tornam mais fortes e têm cada vez mais chances de alcançar o tão esperado sucesso. 

Hoje, se errou ao não fazer um planejamento estratégico quando seu comércio ainda era apenas uma ideia, você vai aprender de maneira simples e descomplicada — com um erro que poderia ter levado todos os seus esforços por água abaixo — a deixá-lo mais forte e consistente. Afinal, se ainda não te contaram, o planejamento é o caminho que auxiliou pequenas empresas a se tornarem corporações de aço.

Mas…

Afinal de contas, o que é um planejamento estratégico?

Plano ou planejamento estratégico é o nome dado ao conjunto de métodos que possibilita a uma empresa definir metas, objetivos, tomar decisões mais sábias, mobilizar recursos de maneira inteligente e muito mais.

A questão aqui, não é de fato o que o planejamento estratégico pode fazer pelo seu negócio, uma vez que, se você já identificou que era ele quem estava faltando, deve conhecer os benefícios a curto, médio e longo prazo que essa metodologia pode entregar. Sendo assim, é importante destacar que o nosso verdadeiro objetivo é mostrar a você em poucos passos como desenvolver um plano estratégico eficaz para o seu momento.

Então vamos lá.

1° Passo: “quem” é o seu negócio? Onde você espera que ele chegue? O que move a sua corporação?

É fato que você já deve ter ouvido essas perguntas em algum momento da sua evolução como empresário — mesmo que as conheça pelas palavras “missão”, “visão” e “valores”.

Dessa maneira, responder a essas perguntas é, sem sombra de dúvidas, a melhor forma de dar um norte ao seu negócio, posto que, a partir deste momento, ele terá uma identidade própria, objetivos definidos, além de, é claro, motivos para seguir em busca destes objetivos.

2° Analise tudo a sua volta e entenda os ambientes interno e externo da sua empresa

Em resumo, podemos dizer que empreender é uma batalha constante: você luta contra empresas maiores, mais consistentes e mais preparadas que a sua, mas, principalmente, luta contra as falhas internas do seu negócio e o pouco conhecimento sobre os pontos fortes nos quais pode se apoiar para fazê-lo crescer, assim como desconhece os pontos táticos que precisam ser melhorados.

Visto isso, para que seja possível explorar ao máximo o potencial da sua criação, desenvolva uma Análise SWOT detalhada para que, assim, identifique, de verdade, possibilidades de crescimento e questões que necessitam de atenção.

3° Defina um plano de ação conciso, explorando tudo o que você definiu e descobriu nos tópicos anteriores

Lembre-se: é preciso conhecer a sua empresa e trilhar objetivos mútuos para você e ela se quiser ver algum crescimento.

Sendo assim, agora que você já sabe tudo sobre o seu negócio, sobre seu público, seus concorrentes, seu mercado, quais pontos explorar e quais deve melhorar, é o momento de traçar um plano capaz de levá-lo ao seu objetivo.

Para que isso se torne mais simples, desenvolva um plano macro e, depois, vá destrinchando-o em pequenos objetivos — OKRs — a serem conquistados até a soma de todos, entregar o que você espera.

Viu como é simples desenvolver um planejamento estratégico?

Agora, mãos à obra! E, caso precise do auxílio de profissionais empenhados em fazer o seu comércio crescer a quatro mãos, basta entrar em contato com a gente.

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

contabilidade para médicos

Contabilidade para médicos pode ajudar a reduzir os impostos

Considerando que a contabilidade para médicos é uma ferramenta de gestão, ela não pode ser negligenciada. Por isso, é importante contar com um suporte especializado em contabilidade para médicos, visto que isso será revertido em economia para o bolso. Contribuindo

Recomendado só para você
4 motivos para ter a gestão contábil como a principal…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat