Abrir uma empresa: passo a passo para um 2021 de sucesso!

Abrir Uma Empresa

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Saiba como abrir uma empresa sem complicações e comece 2021 com o pé direito!

Abrir uma empresa pode ser a realização de um sonho, mas um pequeno erro pode transformar tudo em um pesadelo que toma seu dinheiro e te deixa sem possibilidades de recuperação durante um grande período de tempo!

2020 foi um ano de muitos desafios e até mesmo problemas. Contudo, muitas pessoas acabaram levando a sério a analogia dos limões — “se a vida te der limões, faça uma limonada” — e desenvolveram limonadas tão doces que eram capazes de pôr dinheiro em seus bolsos.

Em outras palavras, mesmo com a enormidade de problemas e dificuldades geradas pelo ano de 2020, alguns não se deixaram abalar e começaram a construção de seus próprios impérios, tendo como início abrir uma empresa.

E muito embora ter seu próprio negócio seja algo muito bom, é visível que fazer isso da maneira errada pode gerar muito mais problemas do que soluções a longo prazo.

Dessa maneira, hoje, falaremos sobre como abrir uma empresa e começar 2021 com o pé direito. Afinal de contas, todos queremos deixar para trás as tormentas, não é?

Vamos lá?

Por onde começar para abrir uma empresa?

Para entender por onde iniciar, é preciso levar em conta o seu objetivo… contudo, se estiver focado em ter um negócio de sucesso, o caminho é um só:

O plano de negócios

Planejar é algo importante em todo e qualquer momento da vida, ainda mais quando estamos de frente para algo novo e não sabemos muito bem o que esperar como retorno. Então, o plano de negócios é um documento que simplifica três das perguntas mais importantes de um empreendedor:

  • Onde quero chegar?
  • O que farei para chegar até lá?
  • E depois que eu alcançar meu objetivo?

Parece simples quando vemos de fora, mas a verdade é que o plano de negócios pode ser a diferença entre apenas dizer que é um empresário e, de fato, ser um!

Por isso, papel e caneta na mão! Vejamos o que deve ser incluído nesse documento:

  • uma breve descrição do seu negócio, assim como os diferenciais que ele vai apresentar para o mercado;
  • a missão da sua empresa;
  • o perfil das pessoas que comporão a sua empresa, desde os sócios até os funcionários;
  • seus clientes em potencial, assim como o perfil deles;
  • o porte de negócio dos fregueses que vai atender;
  • o investimento em dinheiro que você fará para abrir uma empresa;
  • o plano de marketing, afinal, é necessário criar um nome e ter visibilidade é a melhor forma de conseguir isso;
  • localização — isso se não for atuar através dos meios digitais;
  • o enquadramento jurídico; e
  • regime de tributação.

Viu só como não é tão simples quanto parece? Mas não se preocupe, a gente vai te ajudar!

E depois de planejar?

Depois de planejar é o momento de pôr a mão na massa! O primeiro passo para abrir uma empresa — sim, é o primeiro, porque você vai precisar dele para montar seu plano de negócios — é encontrar um contador da sua confiança.

Ter um contador para te apoiar no processo de abertura do seu negócio é algo indispensável para além da obrigatoriedade legal, uma vez que ele será capaz de indicar inúmeras maneiras de economizar dinheiro e, ainda, resolver as questões burocráticas para que você possa se manter focado em estratégias de crescimento mesmo antes de tudo estar pronto!

Após encontrar, vamos à burocracia!

Contrato Social

O contrato social representa para a sua empresa o mesmo que a sua certidão de nascimento representa para você. Ou seja, é ele quem garante a existência do seu negócio e faz com que, perante a justiça, haja segurança jurídica.

Contudo, assim como dissemos anteriormente quando falamos sobre encontrar um contador, é somente este profissional que está apto e autorizado para se responsabilizar pelo desenvolvimento e homologação do documento.

Legalização da empresa

Depois de compor o contrato social, o contador responsável pela abertura da sua empresa terá de lidar com outras questões que, sem dúvidas, são muito importantes para que você possa atuar no mercado, como:

  • Obtenção do CNPJ;
  • Definição do Regime de Tributação;
  • Registro na Junta Comercial;
  • Alvará de funcionamento;
  • Inscrição Estadual; e
  • Inscrição Municipal.

Ao término desta etapa, seu negócio estará oficialmente pronto para começar a funcionar!

E então, o que achou deste artigo?

Sabemos que você está em busca de uma oportunidade para crescer e encontrou o empreendedorismo como a melhor maneira de colocar isso em prática. Contudo, o auxílio de especialistas garante a você muito mais comodidade e segurança!

Por isso, se precisar de ajuda, venha falar com a gente! Basta clicar agora mesmo no botão verde que aparece no canto inferior direito da sua tela.

Estamos esperando por você!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Vai ficar na dúvida sobre o seu próprio fluxo de…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat