Custos operacionais: identifique-os e pare de jogar dinheiro fora!

Custos Operacionais

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

O que são custos operacionais e como identificá-los para cortar gastos desnecessários pela raiz!

Hoje, vamos te dar todo o conhecimento necessário sobre custos operacionais para que você não jogue dinheiro fora com etapas que não são fundamentais para a sua empresa!

Você já olhou para os seus boletos e pensou que eles poderiam ser menores e mais baratos?

Bom, de fato, acho que esse é o desejo de todo empreendedor, afinal, parece que quanto mais progresso o seu negócio tem, mais boletos e faturas aparecem na sua mesa, não é mesmo?

Então, podemos dizer que, apesar de não ter como sumir com os seus boletos de vez, talvez seja possível diminuir o valor de alguns deles.

E isso é possível quando você sabe a diferença entre gasto desnecessário e custos operacionais!

Então, continue conosco até o final deste artigo e descubra o que é um custo operacional e faça cortes cirúrgicos nas suas despesas!

O que são os custos operacionais?

Para identificar os custos operacionais, primeiramente precisamos definir esse conceito, certo?

Sendo assim, os custos operacionais são todos os gastos diretos envolvidos na execução, do início ao fim, dos processos da sua empresa, ou seja, o que você gasta para manter o seu negócio ativo e em constante movimento, sem comprometer o funcionamento como um todo.

E como identificar os custos operacionais corretamente?

Outra grande questão envolvida nos custos operacionais é a identificação deles, afinal, o que é, de fato, um gasto desnecessário ou uma despesa intrínseca ao desempenho positivo do seu empreendimento.

Para identificá-los corretamente e realizar “cortes cirúrgicos” nas suas saídas de caixa, é necessário avaliar alguns aspectos:

  • O que é intrínseco para a produção do seu produto ou execução  do seu serviço?: identifique quais são os produtos e materiais necessários para iniciar o seu processo;
  • O que é secundário, contudo, sem isso, o seu processo não prossegue?: gastos secundários como, por exemplo, contas de luz e de internet, são gastos que normalmente não estão diretamente influenciando a entrega do produto ou serviço, mas que, sem eles, os processos também não teriam continuação;
  • O que é dispensável: aqui, você precisa realmente estar atento, pois, na maioria das vezes, os empreendedores misturam esses gastos com os custos operacionais secundários! Então, avalie com cuidado as despesas que você possui hoje e não irão afetar em nenhuma parte do processo de conclusão do seu produto ou serviço como, por exemplo, a compra de cápsulas de café.

Chegou a hora de cortar seus gastos pela raiz — mas sem comprometer o funcionamento do seu negócio

Por fim, agora que está bem definido o conceito de custos operacionais, você já pode colocar a mão na massa e realizar cortes que não irão atrapalhar no desempenho do seu negócio como um todo.

Contudo, sabemos que, apesar da simples explicação, na prática, isso é muito mais complexo — se não fosse, não estaríamos explicando como fazer isso de forma certeira, não?

Tendo isso em vista, você pode contar conosco, da Carvalló!

Nossos profissionais contábeis possuem anos de experiência no mercado e vão te ajudar não somente a cortar gastos desnecessários pela raiz como, também, a reduzir ao máximo seus custos operacionais!

E para isso, basta clicar no botão verde que aparece no canto inferior direito da sua tela e falar com a gente agora mesmo!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Recomendado só para você
Como você pretende vender mais e ganhar mais dinheiro se…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top
Open chat