Gestão Financeira: 3 Itens Que Prestadores de Serviço Ignoram!

gestão financeira

Compartilhe nas redes!

3 aspectos da gestão financeira que a maioria dos prestadores de serviços deixam de lado, mas podem fazer uma diferença significativa no lucro ao final do mês!

A gestão financeira é um dos maiores obstáculos que os prestadores de serviço enfrentam para conseguirem consolidar um empreendimento no mercado, e hoje vamos revelar os principais pontos que reforçam e enraízam essa dificuldade!

Um prestador de serviços, no cenário atual, precisa se valer muito mais do que de seu trabalho para obter sucesso no mercado, e isso independe da qualidade dos resultados oferecidos.

Afinal de contas, mesmo que o seu serviço seja excepcional, o mercado oferece uma gama diversa de outros profissionais que oferecem as mesmas facilidades, e para o consumidor contratante, é difícil diferenciar para além da distinção de preços.

Portanto, é necessário saber o básico de questões gerenciais para, enfim, se posicionar como referência no mercado e, também, potencializar os lucros do seu negócio.

Mas, para isso, é necessário colocar em pauta alguns aspectos da gestão financeira que muitos prestadores de serviço deixam de lado — e hoje iremos revelar os 3 maiores deles!

Portanto, fique conosco até o final deste artigo e confira os piores erros que um prestador de serviços pode cometer no gerenciamento das finanças do seu negócio!

Boa leitura!

Os 3 aspectos da gestão financeira que os prestadores de serviço deixam de lado — e minam as possibilidades de ser bem-sucedido

A gestão financeira sempre é uma questão nos negócios, independente se você é um autônomo ou líder de uma multinacional: é necessário manter-se vigilante em relação às finanças.

Mas quando se é prestador de serviços, alguns pontos pesam mais do que outros nos resultados obtidos ao final do mês, e para descobrir quais são eles, confira abaixo agora:

Conheça os custos do seu serviço e precifique corretamente

Saber quanto vale o seu trabalho e para quem ele é direcionado é crucial para precificá-lo de forma correta, obtendo o equilíbrio perfeito entre o que o cliente está disposto a pagar e o quanto você deve ganhar para lucrar.

Sendo assim, para além dos custos operacionais, leve em conta o preço da sua mão de obra e alinhe com o seu público-alvo para atingir as melhores quantias de lucro possíveis!

Tenha um controle de estoque para evitar desperdícios

O controle de estoque é uma das chaves da gestão financeira, pois quando você passa a enxergar suas matérias-primas como dinheiro, é possível administrá-las com precisão.

Tendo isso em vista, não subestime o poder e o impacto financeiro de uma boa administração e do rigor com o estoque nos seus lucros.

Não misture as finanças pessoais com as do seu empreendimento!

Por fim, o pior erro do prestador de serviços é misturar os rendimentos da empresa com os pessoais — um erro fatal para a gestão financeira!

Apesar de ser muito — muito — comum esse tipo de atitude, é ela que impede que você encontre dinheiro para investimentos e para crescer o seu negócio, então, separe o que pertence ao caixa da sua empresa e o que deve ir para a sua carteira.

E então, gostou do artigo de hoje? Se estiver precisando de ajuda com a gestão financeira do seu negócio, não hesite em contatar um de nossos especialistas agora mesmo!

Basta clicar no botão verde que aparece no canto inferior direito da sua tela e falar com um profissional!

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Qual o melhor regime tributário para prestadores de serviços?

O melhor regime tributário para prestadores de serviços é o Simples Nacional, visto que oferece alíquotas menores e o seu recolhimento é bem menos burocrático. Além disso, os valores dos impostos são fixos, por isso, possibilitando ter maior controle dos

Obrigações acessórias para empresas

As obrigações acessórias são uma das exigências do governo que as empresas brasileiras devem cumprir. E igualmente às obrigações tributárias principais, o não cumprimento do que está previsto em lei em relação às obrigações acessórias, há riscos de sanções. Confira

4 soluções de contabilidade para prestadores de serviços

As soluções de contabilidade para prestadores de serviços contribuem sobremaneira para o bom andamento dos negócios. Sem falar que os serviços de contabilidade são essenciais para todo e qualquer empreendimento. Haja vista que empreender implica no cumprimento de obrigações fiscais,

Recomendado só para você
Ter um plano de negócios faz alguma diferença na prática…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top